O que é uma amortização financeira?

calendar_month 03/02/2022

Independentemente de você estar inserido no universo dos investimentos ou não, entender mais sobre a amortização financeira te auxilia a ter mais segurança em momentos de maior sufoco financeiro e se proteger para mitigar danos ao patrimônio. Mas é preciso entender mais sobre ela antes de colocar em prática.

Continue lendo e descubra mais sobre a amortização financeira!

O que é a amortização financeira?

A amortização financeira posiciona como uma das principais estratégias no controle das finanças, especialmente no Brasil, em que o nível de endividamento das famílias é alto. Entretanto, é necessária uma verdadeira reeducação financeira para colocá-la em prática.

A amortização financeira é um processo que consiste na diminuição gradual do valor total de uma dívida através de pagamentos sucessivos. Podemos usar como exemplo o financiamento de um imóvel, em que, normalmente, você pode amortizar o valor total da dívida para que os juros diminuam, através de pagamentos maiores ou a antecipação de parcelas.

Dessa forma, entendemos que a amortização financeira está sempre relacionada à diminuição da dívida que uma pessoa ou família possuem.

Tipos de amortização financeira

Quando pensamos na amortização financeira, é importante pensar que existem dois tipos importantes para levar em consideração: a amortização pré-fixada e a amortização pós-fixada.

Ambas são bastante comuns em contratos de financiamento, mas é importante conhecer o tipo de contrato e o formato da cobrança de juros. Esses dois tipos de amortização financeira funcionam da seguinte maneira:

  1. Correção com taxa prefixada: a correção monetária é calculada antecipadamente e somada à taxa de juros determinada; 
  1. Correção com taxa pós-fixada: a correção monetária é calculada a cada mês de acordo com o indicador adotado. 

Como funciona a amortização? 

Para saber como a amortização financeira funciona, é preciso entender o tipo de débito que você possui e qual o sistema será utilizado para realizar o cálculo. Em casos mais rotineiros, como financiamentos, existem duas maneiras mais comuns para a amortização: reduzir o prazo ou a parcela.

No primeiro caso, o devedor paga um valor determinado para reduzir o número de parcelas totais a pagar. Por exemplo: imagine que você parcelou o seu imóvel em 60 vezes. Ao realizar o pagamento da amortização, você pode diminuir o número de parcelas e terminar de pagar a dívida em menos tempo.

No segundo caso, o pagamento da amortização tem o objetivo de diminuir o valor das parcelas, mas sem diminuir o prazo de pagamento. Por exemplo: se o seu financiamento conta com parcelas de R$800 ao mês, em 60 meses, você pode realizar a amortização para diminuir os valores. Assim, continuaria pagando ao longo de 60 meses, mas valores menores.

Quando escolher a amortização financeira? 

A amortização financeira é uma ótima opção para quando você possui alguma dívida ativa. Sempre que a sua situação financeira permitir, não deixe de optar pela amortização, ela é o melhor atalho para quitar suas dívidas o mais rápido possível.

Quando você se livrar das suas dívidas, pode pensar novamente em formas de realizar investimentos, seja através de tokens de renda fixa, de criptomoedas ou outras formas de participar do mundo dos investimentos.

Falando em tokens de renda fixa (também conhecidos como tokens de antecipação de recebíveis), eles também possuem amortizações, caso você opte por investir neles. Esse tipo de token é uma alternativa de baixo risco e inclui remunerações com juros e prazos pré-definidos. Além disso, dependendo do token, as amortizações acabam gerando uma liquidez mensal.

É importante ter em mente que é essencial ter um bom conhecimento de finanças para que você se permita ter uma vida financeira saudável e possa realizar seus sonhos e desejos, seja fazer uma viagem, juntar para comprar um bem que tanto deseja ou até mesmo poupar para futuras gerações.

Quer saber mais sobre o universo da tokenização, dos criptoativos e investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

Outros artigos

Quais as vantagens da tokenização?

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. ...

11/04/2024

Saiba mais
TIDC: contrato de cessão de crédito com revolvência

Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos Creditórios), uma infraestrutura tecnológica que emula o...

05/04/2024

Saiba mais
Quais são as diversas obrigações do contribuinte que investe em criptoativos, Quem precisa declarar IR, Como funciona a declaração de tokens de renda fixa e tokens de recebíveis, Como são declaradas as remunerações recebidas dos tokens de renda fixa ao longo do ano, Como funciona a declaração de tokens com pagamentos (liquidações) mensais em “Bens e Direitos”, Como funciona o pagamento de imposto, O que fazer se não declarar e o que acontece se não declarar o imposto de renda

Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento e as regras que se aplicam nas tributações e...

03/04/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.