Categoria: Todos

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades...

11/04/2024

Saiba mais
Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos...

05/04/2024

Saiba mais
Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento...

03/04/2024

Saiba mais
Mercado de Capitais: o que é, como funciona e como pode ser tokenizado?

O mercado de capitais é um dos setores que mais está notando os benefícios da tokenização e de...

27/03/2024

Saiba mais
Imposto de Renda 2024: como declarar tokens e criptomoedas? com Rafael Steinfeld

Você ainda tem dúvidas de como declarar imposto de renda em 2024 de criptomoedas e tokens de...

15/03/2024

Saiba mais
O que é amortização, quais os principais tipos e quando usar?

A amortização é um conceito fundamental no mundo financeiro, especialmente quando se trata de...

12/03/2024

Saiba mais
Antecipação de recebíveis ou empréstimo: o que vale mais a pena?

Você entende as duas opções cruciais para empresas que precisam de capital de giro:...

05/03/2024

Saiba mais
Liqi Tokens: quem pode tokenizar, o que pode ser tokenizado e como funciona?

O produto Liqi Tokens permite a tokenização de ativos e produtos financeiros e abre novas...

28/02/2024

Saiba mais
Quais as vantagens da blockchain para o mercado financeiro?

Neste episódio do Cortes Talkenização, Guto Antunes (Head de Digital Assets do Banco Itaú)...

23/02/2024

Saiba mais
Hyperledger Besu: como funciona, quais as aplicações e vantagens?

A Hyperledger Besu foi a DLT escolhida pelo Banco Central para o projeto piloto do Drex (também...

21/02/2024

Saiba mais

Crie a sua conta.
Leva menos de 2 minutos!

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. 

Se você é um empresário ou investidor interessado em renda fixa, entender esse conceito pode ser crucial para suas operações financeiras

Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que é cessão de crédito, como ela funciona, os principais tipos e como os investidores podem se beneficiar desse tipo de operação. 

Prepare-se para expandir seus conhecimentos e potencializar seus investimentos!

O que é cessão de crédito e para que serve?

A cessão de crédito é um processo pelo qual uma pessoa ou empresa transfere seus direitos sobre um crédito a outra parte

Em outras palavras, quem tem um valor a receber (o cedente) decide transferir esse direito a terceiros (cessionários), em troca de um pagamento antecipado ou outro benefício. 

Esse processo é regulado pelo Código Civil Brasileiro e é comum em diversas áreas, como no setor financeiro e jurídico.

Para ilustrar, imagine uma empresa que vendeu produtos para outra, mas o pagamento só será realizado daqui a três meses. 

Se a empresa precisar de dinheiro imediatamente para pagar fornecedores ou investir em novos projetos, ela pode optar por ceder o direito de receber esse valor a uma instituição financeira em troca de um pagamento antecipado com desconto.

Como funciona a cessão de crédito?

A cessão de crédito é uma operação relativamente simples, mas que envolve algumas etapas importantes

Primeiro, o cedente e o cessionário devem concordar com os termos da transferência, geralmente por meio de um contrato de cessão de crédito. 

Esse contrato define as condições da cessão, incluindo o valor a ser pago, os prazos e as responsabilidades de cada parte.

É importante ressaltar que nem todos os créditos podem ser cedidos. Por exemplo, dívidas alimentares, créditos relacionados a direitos da personalidade e créditos já penhorados não podem ser transferidos.

O que é um contrato de cessão de crédito e como funciona?

O contrato de cessão de crédito é o documento que formaliza a transferência dos direitos do cedente para o cessionário. 

Ele deve conter informações detalhadas sobre as partes envolvidas, o valor do crédito cedido, as condições de pagamento e quaisquer outras cláusulas relevantes.

No contexto de investimentos, o contrato de cessão de crédito é essencial para proteger os interesses do investidor. Ele estabelece os termos da operação e define os direitos e responsabilidades de cada parte, garantindo transparência e segurança para todas as partes envolvidas.

Você pode conferir também nosso artigo sobre antecipação de recebíveis e empréstimos!

Tipos de cessão de crédito

Existem diferentes tipos de cessão de crédito, cada um com suas características e aplicações específicas:

  • Cessão de Crédito Convencional: ocorre quando o cedente transfere seus direitos a um cessionário por meio de um contrato.
  • Cessão de Crédito Legal: acontece por força de uma lei ou disposição legal específica, sem a necessidade de acordo entre as partes.
  • Cessão de Crédito Judicial: ocorre quando a transferência é determinada por uma decisão judicial, mesmo contra a vontade do cedente.

Quais as vantagens da cessão de crédito para empresas e investidores?

A cessão de crédito pode trazer diversas vantagens tanto para empresas quanto para investidores.

Para empresas, a cessão de crédito permite que elas obtenham recursos financeiros imediatos, antecipando o recebimento de valores futuros. 

Isso pode ser especialmente útil em situações de necessidade de capital de giro ou para financiar novos projetos de expansão.

Para investidores, a cessão de crédito oferece a oportunidade de diversificar seus investimentos e obter retornos atrativos

Investir em créditos cedidos pode proporcionar uma fonte estável de renda, com taxas de retorno muitas vezes superiores às oferecidas por investimentos tradicionais.

O que saber antes de realizar a cessão de crédito

Antes de realizar uma cessão de crédito, tanto as empresas quanto os investidores devem considerar alguns pontos importantes:

  • Avaliar o risco: É essencial avaliar cuidadosamente o risco envolvido na operação, incluindo a solvência do devedor e a possibilidade de inadimplência.
  • Analisar os termos do contrato: O contrato de cessão de crédito deve ser examinado minuciosamente para garantir que todos os termos e condições sejam claros e justos para ambas as partes.
  • Buscar orientação jurídica: É recomendável buscar aconselhamento jurídico especializado para garantir que a operação esteja em conformidade com a legislação e proteger os interesses das partes envolvidas.

A cessão de crédito é uma ferramenta poderosa no mundo financeiro, permitindo que empresas obtenham recursos imediatos e investidores diversifiquem seus portfólios.

Entender como funciona esse processo e os diferentes tipos de cessão de crédito pode ajudar empresários e investidores a tomar decisões mais informadas e maximizar seus retornos financeiros.

Acesse o site da Liqi e conheça os tokens disponíveis para compra que incluem cessões de crédito com rentabilidades superiores ao CDI e SELIC!

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece? Siga a Liqi nas redes sociais!

➜ Instagram: https://www.instagram.com/liqibr

➜ YouTube: https://www.youtube.com/@LiqiDigitalAssets

➜ LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/liqidigitalassets

➜ Tik Tok: https://www.tiktok.com/@liqibr

➜ Twitter: https://twitter.com/liqibr

➜ Newsletter semanal: https://lps.liqi.com.br/newsletter