ciclo de vida dos smart contracts, o que são smart contracts, como funcionam smart contracts, vantagens smart contracts

Smart Contracts: tudo o que você precisa saber sobre eles!

calendar_month 10/08/2021

Quando existem transações, como, por exemplo, a compra e a venda de um bem físico, se fazem necessários diversos documentos que comprovem a titularidade da negociação. Mas, quando falamos de bens intangíveis, como token de ativo, pode existir a preocupação com segurança e garantia jurídica. É aí que entram os Smart Contracts.

Para que você entenda mais sobre o que são, como funcionam e o ciclo de vida desses contratos inteligentes, continue lendo o artigo.

Boa leitura!

O que são os Smart Contracts?

Os Smart Contracts são contratos digitais que têm a mesma função de contratos físicos, mas com a facilidade de que relações contratuais sejam realizadas a partir de computadores com alta capacidade de processamento em redes descentralizadas e algoritmos criptografados, por exemplo.

Em um Smart Contract são estabelecidas as obrigações, benefícios e penalidades caso as regras sejam quebradas por qualquer uma das partes envolvidas.

Como esses contratos inteligentes são pré-programados, as suas cláusulas podem entrar em vigor de forma segura e sem que haja um intermediário envolvido nas negociações, como bancos e tribunais, por exemplo.

Além de garantir agilidade e praticidade para as negociações, os Smart Contracts oferecem mais liberdade para as partes envolvidas!

Como eles funcionam?

A ideia básica por trás dos Smart Contracts é a de incorporar alguns tipos de cláusulas contratuais ao hardware e software de computadores para que possam ser cumpridas de forma automática. Todas essas cláusulas são programadas dentro da Blockchain, que garante a validação das cláusulas. 

Uma vez que as partes envolvidas fecham o acordo por meio de um clique, todas as exigências da negociação tornam-se automaticamente válidas e não podem ser alteradas.

Essa é a principal característica dos Smart Contracts: eles são imutáveis, ou seja, não existe qualquer possibilidade de sofrerem modificações, algo essencial para que fraudes e alterações nas negociações ocorram.

Embora os contratos inteligentes sejam uma tecnologia relativamente nova, eles já vêm sendo utilizados pelos mais diversos segmentos, como o varejo, seguradoras e até o agronegócio.

No universo da tokenização, eles oferecem toda a garantia jurídica dos tokens para que você faça as negociações do seu interesse de forma segura!

Como smart contracts são utilizados em serviços financeiros - infográfico

Qual o ciclo de vida dos Smart Contracts?

O ciclo de vida dos Smart Contracts começa com a programação, na qual são estabelecidas as regras que deverão ser cumpridas dentro de determinada negociação. Essas regras são validadas por agentes de validação antes dos contratos inteligentes começarem a operar.

Depois disso, eles se conectam com sistemas internos, como bancos, ou externos, como saldo de conta ou preços de ações, que estejam relacionados a suas operações para que possam agir de maneira pré-programada quando certos gatilhos forem efetivados.

Os Smart Contacts esperam por gatilhos externos para avaliarem condições pré-definidas. Então, todas as vezes que houver um gatilho que corresponda às regras inscritas em suas cláusulas, os Smart Contracts se auto executam e cumprem sua função, agilizando processos que precisariam ser operados mecanicamente.

É importante ressaltar que os Smart Contracts também fortalecem a transparência nas negociações e são criados de modo a fornecer dados para compliance e prestação de contas!

O ciclo de vida dos smart contracts e todas as etapas do processo - infográfico

Na Liqi, utilizamos os Smart Contracts para facilitar a governança e trazer velocidade nos processos de tokenização, democratizando a possibilidades de investimentos a todos os usuários.

Quer saber tudo sobre investimentos em tokens? Acompanhe a Liqi pelo nosso Instagram!

Outros artigos

Quais as vantagens da tokenização?

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. ...

11/04/2024

Saiba mais
TIDC: contrato de cessão de crédito com revolvência

Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos Creditórios), uma infraestrutura tecnológica que emula o...

05/04/2024

Saiba mais
Quais são as diversas obrigações do contribuinte que investe em criptoativos, Quem precisa declarar IR, Como funciona a declaração de tokens de renda fixa e tokens de recebíveis, Como são declaradas as remunerações recebidas dos tokens de renda fixa ao longo do ano, Como funciona a declaração de tokens com pagamentos (liquidações) mensais em “Bens e Direitos”, Como funciona o pagamento de imposto, O que fazer se não declarar e o que acontece se não declarar o imposto de renda

Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento e as regras que se aplicam nas tributações e...

03/04/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.