quais são os riscos de investimentos, como avaliar riscos de investimentos, investimentos, riscos

Riscos de investimentos: saiba como avaliar!

calendar_month 02/11/2021

Riscos de investimentos são comuns. Qualquer tipo de modalidade possui e é preciso ter isso em mente quando for considerar investir seu capital.

Preparamos um post para que você entenda mais sobre os riscos de investimentos e como avaliar o melhor tipo de investimento para o seu perfil.

Por que realizar investimentos?

Todos nós temos sonhos e desejos ao longo da vida. Seja fazer uma viagem, comprar um carro ou uma casa, casar, etc. Entretanto, para que esses sonhos se tornem realidade, é necessário que a pessoa possa contar um dinheiro a mais. Assim, maiores sufocos e dificuldades são evitados.

E aí que o mundo dos investimentos pode ser a chave que você precisava para a conquista daquele sonho tão desejado!

Ter um objetivo é o primeiro passo para que você faça investimentos bem-sucedidos. Assim, é possível realizar uma análise da sua situação financeira atual e fazer um bom planejamento.

Passe um pente fino e anote tudo o que você tiver, como bens (automóveis, imóveis, etc.), capital (quanto de dinheiro tem disponível), as suas despesas e dívidas (prestações, cartões de crédito, contas, etc.) e absolutamente tudo que seja importante para os investimentos.

Essa análise minuciosa é essencial para que, quando os investimentos forem realizados, você não seja prejudicado ao utilizar dinheiro que poderia fazer falta.

Quando você consegue poupar dinheiro e investi-lo, torna cada vez mais real a possibilidade de realizar seus sonhos e objetivos no futuro, desde que mantenha os hábitos e realize investimentos adequados. Além disso, com uma quantia de dinheiro bem investida, você pode ter uma tranquilidade financeira maior.

Para que você saiba quais os riscos de investimentos e quais as melhores escolhas, é preciso saber mais sobre o seu perfil de investidor.

Quais são os tipos de perfil de investidor?

Existem três principais tipos de perfil de investidor, com suas características individuais. Vamos falar mais sobre eles abaixo.

Conservador

O investidor conservador é aquele que abre mão de ir em busca de maiores rentabilidades, uma vez que, como o próprio nome sugere, prioriza a segurança em seus investimentos, tendo tolerância extremamente baixa a riscos.Esse tipo de perfil de investidor normalmente tem maior necessidade de preservar seu patrimônio e a liquidez. Por conta disso, eles investem, mais comumente, em ativos de renda fixa, como títulos do Tesouro Direto, por exemplo. 

Moderado

Como diz o nome, o perfil de investidor moderado é associado àqueles que aceitam um pouco mais de risco para que possam atingir uma rentabilidade maior. Ele também poderá realizar investimentos conservadores, como a renda fixa, mas, como tem disposição para arriscar mais, pode investir também em produtos de renda variável, como ações e fundos imobiliários.

Arrojado (ou agressivo)

Seguindo a lógica de que o investidor conservador não assume riscos e o moderado está mais aberto, podemos entender como o perfil de investidor arrojado (também conhecido como agressivo) aquele que, por estar em busca de retornos ainda mais altos, abre mão de parte da segurança.

Assim, o investidor arrojado investe um percentual maior da sua carteira em investimentos mais arriscados. Entre as opções mais comuns, podemos citar as ações. Entretanto, existem outros tipos de investimentos que podem trazer grande retorno, mas apresentarem riscos igualmente grandes.

Como avaliar os riscos de investimentos?

Os riscos de investimentos nada mais são do que a possibilidade de oscilações e movimentos que venham a resultar na perda do valor do investimento, algo que acontece frequentemente.

O risco pode ser, além da perda de dinheiro, a possibilidade de o investimento atingir resultados positivos, mas bem aquém do que o investidor desejava.

A avaliação de riscos de investimentos é o mecanismo de estudo que investidores têm para conseguirem evitar que as perdas ocorram ou que os impactos causados sejam mínimos

Mas é bom ter em mente que sempre haverá a possibilidade de perda. Quanto mais informações forem buscadas e estudos forem feitos, melhor você, como investidor, estará munido para realizar as melhores escolhas de investimentos que caibam no seu perfil, desejo e estratégias.

Quais são os principais tipos de riscos de investimentos?

Os riscos de investimentos são diversos. É fundamental que o investidor saiba de todas as possibilidades antes de investir seu capital e acabar tendo perdas.

Os principais riscos são:

Riscos de liquidez

A tarefa da conversão de um investimento em dinheiro pode ser uma tarefa meio complicada em alguns casos. Normalmente, os problemas giram em torno da falta de capital em algum momento necessário para o investidor, seja para novos investimentos ou para cobrir despesas. Isso ocorre porque, dependendo do investimento feito, o dinheiro ficará “preso” pelo tempo necessário e não poderá ser pego de volta.

Riscos de mercado

Quem entende pelo menos um pouco sobre investimentos, sabe que o mercado oscila bastante. Podemos observar na cotação do dólar, nos altos e baixos de ações e muito mais. Esses são os riscos de mercado.

Imagine, por exemplo, que você possui ações em uma empresa e ela acaba envolvida em alguma polêmica ou escândalo. Será bem provável que o valor das ações despencem, gerando prejuízo para você.

Riscos de crédito

Mesmo as aplicações de Renda Fixa não estão livres de riscos de investimentos. Em títulos como CDB, Tesouro Direto e outras aplicações, em que o dinheiro é “emprestado” a alguma instituição, existe sempre a possibilidade do investidor não reaver esses valores. Isso pode ocorrer por diversos motivos, como crises em instituições privadas ou problemas políticos, quando os títulos são públicos.

Veja como avaliar os riscos de investimentos

Saber como avaliar a possibilidade de riscos de investimentos é tão importante quanto saber quais são eles.

A análise de riscos de investimentos é feita por meio de cálculos que estudam a possibilidade de um deles ocorrer, combinado aos prejuízos que eles poderiam gerar ao investidor.

É aí que entra o seu poder de decisão e até que ponto você está disposto a enfrentar os riscos, principalmente se eles valerem a pena e os ganhos do investimento serem muito altos. Mas é importante tomar as decisões com consciência.

Saber das possibilidades de riscos de investimentos faz com que você possa analisar bem em que terreno está adentrando e tomar as melhores decisões em prol do que deseja como investidor.

Quer saber mais sobre o universo dos investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

Outros artigos

Quais as vantagens da tokenização?

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. ...

11/04/2024

Saiba mais
TIDC: contrato de cessão de crédito com revolvência

Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos Creditórios), uma infraestrutura tecnológica que emula o...

05/04/2024

Saiba mais
Quais são as diversas obrigações do contribuinte que investe em criptoativos, Quem precisa declarar IR, Como funciona a declaração de tokens de renda fixa e tokens de recebíveis, Como são declaradas as remunerações recebidas dos tokens de renda fixa ao longo do ano, Como funciona a declaração de tokens com pagamentos (liquidações) mensais em “Bens e Direitos”, Como funciona o pagamento de imposto, O que fazer se não declarar e o que acontece se não declarar o imposto de renda

Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento e as regras que se aplicam nas tributações e...

03/04/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.