tokenização, talkenização, podcast, liqi, liqi tokenize, token, tokens

Talkenização #020: Como emitir tokens com a Liqi Tokenize?

calendar_month 05/04/2022

O mercado cripto vem se expandindo cada vez mais, sempre batemos nessa tecla. E as empresas precisam estar antenadas às tendências para saírem na frente. No episódio de hoje do nosso podcast, Flavia Jabur recebe Diego Vilodres, representando a área de Produto da Liqi, para falar mais sobre a Liqi Tokenize, a mais nova área que estamos desbravando com os tokens.

O que é a Liqi Tokenize?

É importante sempre ressaltar que tudo pode ser tokenizado, mas nem tudo vale a pena e faz sentido ser tokenizado.

Nesse caso, como Diego diz, temos o termo “definição do sucesso”, que é o encontro da oportunidade com a competência. No campo da oportunidade, temos, de um lado, empresas e organizações que precisam de capital para investir em seus negócios e fazer a economia girar e, do outro lado, temos pessoas com dinheiro, do varejo, investidores comuns e até mesmo fundos de investimentos que buscam rentabilizar seu capital. Já no campo da competência, temos a tecnologia Blockchain.

O que a Liqi Tokenize traz é a estrutura de Blockchain para o mercado de capitais, fazendo a comunicação entre as duas partes, buscando, com essa tecnologia, transformar o mercado e evoluir cada vez mais!

O que é a Blockchain?

Blockchain

De forma bem simples, podemos entender a essência da Blockchain como um software que roda em servidores descentralizados ao redor do globo, que possuem todas as informações das transações registradas e permitem o acesso em qualquer lugar do mundo. 

Essa cadeia de blocos (traduzindo o termo para o português) se chama assim justamente porque consiste em vários blocos que formam uma cadeia imutável, cada um deles contendo informações das transações. De tempos em tempos, novos blocos são criados e se juntam à ela.

Muito se pergunta sobre a segurança da Blockchain no mercado. E, se pararmos para pensar que ela funciona como um livro contábil que deixa tudo registrado com relação às transações, além do fato de ela ser uma cadeia imutável, podemos, sim, afirmar que a Blockchain é segura.

Também é importante ressaltar que a Blockchain é um veículo para que diferentes agentes do mercado possam se conectar sem a necessidade de intermediários para confiar as informações das transações.

O que são os Smart Contracts?

Os Smart Contracts surgiram lá em 2015, com a criação do Ethereum, e são contratos digitais que têm a mesma função de contratos físicos, mas com a facilidade de que relações contratuais sejam realizadas a partir de computadores com alta capacidade de processamento em redes descentralizadas e algoritmos criptografados, por exemplo.

Nesses contratos inteligentes são estabelecidas as obrigações, benefícios e penalidades caso as regras sejam quebradas por qualquer uma das partes envolvidas. E, como esses contratos inteligentes são pré-programados, as suas cláusulas podem entrar em vigor de forma segura e sem que haja um intermediário envolvido nas negociações.

Para garantir a segurança dos Smart Contracts, eles são imutáveis uma vez que estão programados. Mas é possível definir qual endereço será utilizado através de atualizações, não precisando criar um novo contrato do zero caso algo precise ser modificado. 

Dependendo, é possível até criar uma herança de Smart Contracts, trazendo tudo o que foi utilizado em uma rede anterior para o novo contrato.

Como emitir tokens com a Liqi Tokenize?

Queremos sempre garantir que cheguem nas mãos dos investidores ativos que possuam riscos financeiros normais e não grandes riscos que gerem perdas para o investidor. Por isso, focamos bastante no processo de validação de ativos.

É um processo em que avaliamos se o ativo não possui irregularidades e é viável para ser tokenizado. Além disso, existe também a validação jurídica, na qual avaliamos se o ativo já não está lastreado com outro tipo de operação.

Quando todo o processo está de acordo, passamos para a etapa de compliance e, em seguida, a estruturação do ativo, em que todas as regras dele são jogadas em uma interface digital de um Smart Contract para ser colocado na Blockchain. Feito isso, está tudo pronto para começar a distribuição.

Uma vez que o valor todo é captado, repassamos para o emissor, que irá receber o valor antecipado e, também, para os token holders, proporcionalmente à quantidade de tokens que eles possuem.

É bom para todas as partes envolvidas, gerando liquidez para o dono do ativo e diversificar a carteira dos investidores, gerando mais lucro e evitando grandes perdas caso ocorra alguma crise ou desvalorização.

Um dos principais benefícios da tokenização é o fácil acesso a ativos de alta performance que, até então, eram viáveis somente para grandes investidores ou para organizações financeiras.

Isso significa que, agora, qualquer pessoa pode investir em um ativo – seja ele qual for – e, assim, ter um alto lucro com essa negociação. É a democratização dos investimentos.

Para os detentores dos ativos ou do negócio que foi tokenizado, a acessibilidade da tokenização torna a liquidez, ou seja, a conversão do bem em dinheiro, muito maior, principalmente porque a tokenização elimina intermediários desnecessários entre o dono do ativo e o investidor.

Se interessou? Você pode ficar por dentro de todos os episódios lançados na página oficial do Talkenização!

Quer saber mais sobre o universo da tokenização e dos investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

 

Outros artigos

Quais as vantagens da tokenização?

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. ...

11/04/2024

Saiba mais
TIDC: contrato de cessão de crédito com revolvência

Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos Creditórios), uma infraestrutura tecnológica que emula o...

05/04/2024

Saiba mais
Quais são as diversas obrigações do contribuinte que investe em criptoativos, Quem precisa declarar IR, Como funciona a declaração de tokens de renda fixa e tokens de recebíveis, Como são declaradas as remunerações recebidas dos tokens de renda fixa ao longo do ano, Como funciona a declaração de tokens com pagamentos (liquidações) mensais em “Bens e Direitos”, Como funciona o pagamento de imposto, O que fazer se não declarar e o que acontece se não declarar o imposto de renda

Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento e as regras que se aplicam nas tributações e...

03/04/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.