token de antecipação de recebíveis, token de recebíveis o que é e como funciona, o que é antecipação de recebíveis, antecipação de recebíveis o que é, recebíveis imobiliários, tokenização de recebíveis, recebíveis, token de renda fixa

Tokens de Renda Fixa: o que é antecipação de recebíveis e como funciona?

calendar_month 17/06/2021

O token de renda fixa, também conhecido como token de antecipação de recebíveis é uma alternativa de baixo risco e com remunerações geralmente pré-definidas que podem fazer a diferença em sua carteira.

Muita gente não sabe que o funcionamento dos tokens varia de acordo com o ativo tokenizado e que é possível encontrar uma opção que combina mais com cada perfil de investidor. O token de renda fixa é um bom exemplo disso, porque é muitas vezes comparado a modelos já conhecidos pelos investidores em geral, como o tesouro ou o CDB.

Aqui, vamos te explicar tudo o que você precisa saber sobre os tokens de renda fixa (ou de antecipação de recebíveis): o que são, como funcionam, quais são suas vantagens e quais são os riscos.

Vamos lá?

O que é antecipação de recebíveis?

Como a própria palavra induz, é a prática em que uma empresa recebe antecipadamente certo valor que iria receber eventualmente, em um prazo maior. Para isso, a empresa oferece devolver o pagamento com juros ou deságios a todos aqueles que disponibilizarem capital.

A antecipação de recebíveis é um recurso, ou estratégia, utilizado frequentemente pelas mais diferentes empresas e tipos de negócios, por exemplo os recebíveis imobiliários. Essa prática propicia liquidez imediata e, em contrapartida, aqueles que providenciaram o capital contam com um retorno advindo de uma porcentagem calculada em cima do investimento, geralmente, pré-acordada.

As partes também deixam pré-definidas as datas para o recebimento dos pagamentos e/ou um prazo final.

Qual é o direito adquirido pelo token de renda fixa?

Quando você adquire um token de renda fixa, obtém o direito de ter o seu valor investido de volta com o adicional de um acréscimo pré ou pós-definido. O token de renda fixa é muito similar ao empréstimo formalVocê garante certo valor para o emissor do token, determinado a partir do mínimo requerido pelo projeto.

Depois disso, dentro de um período também pré-estabelecido, você tem o direito de receber o seu dinheiro de volta com o adicional dos juros ou de deságios que foram estabelecidos no processo de emissão do token.

Como funciona o token de renda fixa?

Os tokens são ativos fracionados digitalmente e, como dissemos acima, o funcionamento do token de renda fixa é muito similar ao funcionamento de um empréstimo ou de um investimento tradicional nessa modalidade.

Dessa forma, o emissor do token antecipa o recebimento do valor que deseja arrecadar e que tem a capacidade de pagar e devolve proporcionalmente para todos os donos dos tokens com o acréscimo de uma taxa pré-determinada dentro de um período também pré-definido.

A remuneração varia de acordo com o projeto específico de cada token. Dessa forma, os juros ou deságios podem ser estabelecidos de maneira pré-fixada ou pós-fixada e podem envolver a variação da inflação oficial.

Para que seja mais simples compreender o funcionamento do token de renda fixa, preparamos um exemplo a seguir.

Entendendo o token de renda fixa na prática

Se você ainda está com dúvidas de como o token de renda fixa funciona na prática, vamos utilizar a antecipação de recebíveis como exemplo.

Imagine que uma empresa tenha fornecedores que a paguem regularmente. Sendo assim, essa empresa tem a certeza de que irá receber certo valor, por exemplo, R$200 mil, dentro de um período de três anos.

Então, esse recebimento pode ser tokenizado, com cláusulas bem definidas em seu Smart Contract que sirvam como garantia jurídica, e todas as pessoas interessadas podem adquirir os tokens.

Os direitos especificados na emissão do token devem incluir uma taxa de juros ou de deságios e um prazo para o pagamento dos donos do token, como 12% ao ano em três anos.

Os tokens de renda fixa podem envolver remunerações mensais, semestrais, anuais ou ao fim do projeto. Isso também estará determinado pelo contrato emitido no processo de tokenização.

Neste exemplo, vamos supor que o pagamento aos donos dos tokens seja realizado apenas com o fim do projeto. Assim, ao final dos três anos, a empresa devolve a quantia paga na compra dos tokens com o adicional dos 12% de juros.

Basicamente, este é o funcionamento dos tokens de renda fixa e eles apresentam algumas vantagens.

Quais as vantagens dos tokens de renda fixa?

Além das vantagens da tokenização em si, os tokens de renda fixa incluem benefícios específicos para os donos dos tokens e para os emissores.

Veremos alguns deles a seguir.

Vantagens para quem adquirir os tokens

Para os donos dos tokens, as principais vantagens dos tokens de recebíveis são:

  • Oportunidade de diversificação da carteira
  • Remuneração pré-estabelecida, ou seja, ter conhecimento prévio do quanto você receberá ao fim do projeto.
  • Riscos reduzidos, afinal, o token de renda fixa envolve menos incertezas por representar um ativo que não varia em valor.

Vantagem para os emissores do token

Para os emissores deste tipo de token, a principal vantagem é óbvia: liquidez rápida.

Os tokens de renda fixa apresentam uma oportunidade particular para que empresas recebam previamente quantias que são previstas a longo prazo e possam utilizá-las a curto prazo. Desse modo, as empresas podem aplicar o dinheiro recebido antecipadamente para aumentar os seus caixas e ultrapassar os valores devidos aos donos dos tokens.

Agora que você conhece as vantagens, vamos falar sobre os riscos do token.

Quais são os riscos do token de renda fixa?

Como sempre dizemos aqui, a blockchain e os Smart Contracts garantem a segurança jurídica e tecnológica dos tokens. Isso também é verdade para os tokens de renda fixa!

Porém, por mais que esses tokenspossuam baixos riscos, eles ainda existem. Afinal, mesmo os investimentos em renda fixa apresentam possibilidade de riscos.

Conheça abaixo os principais riscos associados aos tokens de renda fixa.

Cessão de Créditos

Existem casos em que se realiza dupla cessão do fluxo de pagamento. Caso isso ocorra, o novo recebedor não tem a obrigação de realizar o pagamento para os donos dos tokens. Essa prática pode ser impedida por contrato, então, certifique-se de que o projeto do qual você vai participar adicionou essa cláusula.

Inadimplência

Há ocasiões de inadimplência em que a empresa emissora do token não realiza o pagamento das dívidas, por mais que isso não seja frequente. De qualquer forma, garanta que a empresa foi avaliada pela tokenizadora antes de disponibilizarem os tokens.

Força maior

É importante ter em mente que existem chances de riscos por forças maiores. Por exemplo no caso de incêndio em um edifício que está atrelado a um token de rnda fixa associado a aluguel. Assim, mais uma vez é necessário estar atento às condições contratuais da tokenização do ativo.

Esperamos que você tenha descoberto mais sobre as possibilidades que os tokens de renda fixa trazem para a sua carteira de investimento. Caso você seja um investidor que possua pouca tolerância a riscos, esses tokens podem ser a sua melhor escolha!

Quer saber mais sobre tokenização? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

Outros artigos

Quais as vantagens da tokenização?

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. ...

11/04/2024

Saiba mais
TIDC: contrato de cessão de crédito com revolvência

Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos Creditórios), uma infraestrutura tecnológica que emula o...

05/04/2024

Saiba mais
Quais são as diversas obrigações do contribuinte que investe em criptoativos, Quem precisa declarar IR, Como funciona a declaração de tokens de renda fixa e tokens de recebíveis, Como são declaradas as remunerações recebidas dos tokens de renda fixa ao longo do ano, Como funciona a declaração de tokens com pagamentos (liquidações) mensais em “Bens e Direitos”, Como funciona o pagamento de imposto, O que fazer se não declarar e o que acontece se não declarar o imposto de renda

Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento e as regras que se aplicam nas tributações e...

03/04/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.