emitir tokens, tokenizar, tokenização, vantagens da tokenização, criptoativos

Quais as vantagens de tokenizar um ativo ou emitir um token para o seu negócio?

calendar_month 27/01/2022

A tokenização ganha mais destaque a cada dia que passa, seja no mercado financeiro ou fora dele. Hoje em dia, é possível tokenizar praticamente qualquer coisa, desde recebíveis de cartão de crédito até o mecanismo de solidariedade da FIFA, passando por obras de arte e até direitos de participação nos negócios de empresas.

Existem diversas vantagens em emitir tokens para seu negócio ou tokenizar ativos que você possua. Mas, primeiramente, é importante dar um contexto sobre o assunto. 

Vamos lá?

O que é um token?

Antes de falar sobre o que é a tokenização, precisamos entender o que é um token, principalmente por ser algo relativamente novo e que o mercado ainda está começando a entender mais sobre.

Basicamente, um token é a representação digital de uma fração de ativo físico ou instrumento financeiro na Blockchain. Mas, além disso, ele também representa uma interface nessa cadeia de blocos, programada com todas as regras de um contrato financeiro, conhecido como Smart Contract, ou contrato inteligente.

O que você pode tokenizar?

Podemos pensar que um token precisa, necessariamente, representar um ativo físico, mas não é verdade. Existem instrumentos financeiros, como a CPR (Cédula de Produtor Rural), que não é um ativo físico.

Se pensarmos em ativos físicos, praticamente qualquer tipo de ativo pode ser tokenizado, como imóveis, por exemplo. Imagine um apartamento que custe R$ 1 milhão. Para você ser dono desse imóvel, precisa desembolsar a quantia toda ou fazer um financiamento.

Agora, pense se fosse possível representar esse imóvel na Blockchain com milhares de tokens e você ter a oportunidade de comprar 1% dele através dos tokens. Com uma quantia menor, você poderia “ser dono” desse 1% e, caso ele valorizasse ao longo do tempo, teria ganhos. Ou, caso ele fosse alugado, você receberia uma quantia de acordo com a quantidade de tokens adquiridos. Entretanto, seria necessário uma boa governança para se discutir como funcionaria o gerenciamento do imóvel.

É importante lembrar que tudo pode ser tokenizado, mas nem tudo convém ser tokenizado. É preciso ver se o tamanho do desafio ao emitir o token valerá o esforço.

Quais as vantagens de tokenizar?

Se você busca tokenizar algum ativo que possua ou quer emitir um token para o seu negócio, listamos 5 características que exemplificam as vantagens da tokenização!

Acessibilidade

Um dos principais benefícios da tokenização é o fácil acesso a ativos de alta performance que, até então, eram viáveis somente para grandes investidores ou para organizações financeiras.

Isso significa que, agora, qualquer pessoa pode investir em um ativo – seja ele qual for – e, assim, ter um alto lucro com essa negociação. É a democratização dos investimentos.

Para os detentores dos ativos ou do negócio que foi tokenizado, a acessibilidade da tokenização torna a liquidez, ou seja, a conversão do bem em dinheiro, muito maior, principalmente porque a tokenização elimina intermediários desnecessários entre o dono do ativo e o investidor.

Segurança

Todo o processo de tokenização é muito bem protegido para que cibercriminosos não consigam invadir ou representar qualquer risco para os detentores de tokens.

Esse processo acontece na Blockchain que, por ser totalmente descentralizada, se torna menos suscetível a falhas e a ataques maliciosos. Assim, garante a segurança nas transações de tokens.

Além disso, por meio dos Smart Contracts, a Blockchain garante a validação jurídica das transações e assegura que todos os acordos serão devidamente cumpridos por ambas as partes. Tudo isso sem que haja a necessidade de envolver uma terceira parte na negociação.

Transparência

Todas as informações referentes a um token ficam salvas na Blockchain, garantindo maior transparência às transações realizadas e possibilitando fazer consultas ao processo.

Por meio dessa cadeia de blocos, é possível saber com exatidão quem é o detentor de um token em cada momento, independentemente da quantidade de transações realizadas. Isso não significa que as transações estão sujeitas a fraudes ou alterações, pelo contrário. Esse acompanhamento prático garante uma das maiores vantagens da tokenização: transparência.

Eficiência

Como falamos anteriormente, diferentemente de um bem físico, que depende de terceiros e de uma série de taxas extras para efetivar a negociação, a tokenização não envolve intermediários.

Como não há custodiantes ou depositários, a tokenização contribui para diminuir o custo da operação e aumentar o retorno do investidor. Aliás, esse é mais um dos pontos positivos quando você escolhe tokenizar um ativo ou emitir um token para o seu negócio.

Por não envolver outras instituições e pessoas, a transação se torna mais ágil, barata (pois não envolve o pagamento de diversas taxas) e, ao mesmo tempo, menos burocrática.

Divisibilidade

O fato de um token representar uma pequena parcela de um ativo físico – seja ele tangível ou intangível – é o que o torna tão revolucionário e lucrativo. Afinal, se você deseja fazer um investimento em tokens, só precisa adquiri-los ao invés de o ativo inteiro, como é o caso do imóvel que usamos de exemplo mais acima.

Esse, inclusive, é um dos pontos fortes dos tokens, pois não existe um limite mínimo de vezes em que um ativo pode ser fracionado.

Esperamos que você tenha entendido mais sobre todas as vantagens de tokenizar seu ativo ou emitir um token para o seu negócio. Não fique de fora da revolução!

Quer saber como começar a emitir ou investir em tokens e aproveitar todas as vantagens da tokenização? Confira o perfil da Liqi no Instagram!

Outros artigos

Quais as vantagens da tokenização?

O que é Cessão de Crédito, como funciona e principais tipos

A cessão de crédito é uma prática fundamental no mundo financeiro, oferecendo oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. ...

11/04/2024

Saiba mais
TIDC: contrato de cessão de crédito com revolvência

Como o TIDC funciona na prática? com Erik Oioli

Erik Oioli explica na prática o funcionamento do TIDC (Token de Investimento em Direitos Creditórios), uma infraestrutura tecnológica que emula o...

05/04/2024

Saiba mais
Quais são as diversas obrigações do contribuinte que investe em criptoativos, Quem precisa declarar IR, Como funciona a declaração de tokens de renda fixa e tokens de recebíveis, Como são declaradas as remunerações recebidas dos tokens de renda fixa ao longo do ano, Como funciona a declaração de tokens com pagamentos (liquidações) mensais em “Bens e Direitos”, Como funciona o pagamento de imposto, O que fazer se não declarar e o que acontece se não declarar o imposto de renda

Como declarar tokens de renda fixa e tokens de recebíveis no IR 2024?

A declaração de tokens no IR 2024 deixa muitas pessoas em dúvida sobre os modos de preenchimento e as regras que se aplicam nas tributações e...

03/04/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.